Histórias Reais: determinação e foco para viver as coisas boas

28 de outubro, 2019
WhatsApp-Image-2019-10-24-at-09.27.45.jpeg

Aos 70 anos, Irene Maria Guerra Albornoz garante que o comedimento é uma atitude essencial na sua vida. Engenheira agrônoma e bacharela em Direito, há três anos aposentou-se como servidora pública federal. Há dois, passou a frequentar a i9 Academia de três a cinco dias por semana. Conforme Irene, sua determinação é motivada por ganhos na saúde e no aumento da massa muscular. Assim, além dos treinos de musculação e atividades aeróbicas, ela buscou na i9 o serviço de orientação nutricional. “Isso é essencial para a perda de peso e transformação de gordura em músculo, em especial na minha idade”, analisa.

NOVOS HÁBITOS SURGEM A PARTIR DA DETERMINAÇÃO

Ao longo dos últimos anos, Irene perdeu mais de 20 quilos. Segundo ela, a mudança de seu estilo de vida foi vital para atingir e manter os resultados. Afinal, além de seguir uma rotina diária de exercícios e adotar a dieta low carb, ela investiu em novos hábitos. Entre eles, o de dormir mais cedo e por um mínimo de oito horas por noite. “Falta ainda incluir a meditação no meu dia a dia”, confessa. Porém, Irene já vem conseguindo desfrutar dos benefícios de outra importante questão: a redução da ingestão de açúcares e adoçantes. “Há mais de 30 anos não tomo chá adoçado e, o café, há mais de 15”, comemora. Irene também evita consumir produtos industrializados, com conservantes, estabilizantes, emulsificantes e demais ingredientes com esses nomes terminados em “antes”.

De acordo com Irene, sua maior dificuldade foi se livrar da dependência do açúcar. E é justamente neste contexto que se faz presente a importância do comedimento. “Especialmente para conseguir manter minhas conquistas, sem deixar de viver e experimentar as coisas boas da vida em sociedade”, destaca. Para a aluna da i9 Academia, nada é “proibido” – afinal, basta dosar e desfrutar cada momento com moderação. “Assim, posso eventualmente comer até um sorvete ou porção de uma sobremesa. Porém escolho itens de qualidade e os consumo em pequena quantidade”, explica. No dia a dia, Irene conta que também costuma apreciar um quadradinho de 10g de chocolate 85% com um cafezinho puro depois do almoço.

Tudo isso, segundo ela, trouxe importantes ganhos para sua rotina – e até para sua autoestima. “Agora posso adquirir roupas em lojas comuns, não somente nas de tamanhos especiais”, comenta. Dessa forma, Irene acredita que investir no comedimento seja não apenas “possível”, mas, isto sim, necessário para se viver bem.

Relacionados