Precisando melhorar seu desempenho nos treinos? Invista numa boa noite de sono

31 de julho, 2018
iStock-514382344.jpg

Todo mundo sabe os efeitos de uma noite mal dormida. O cansaço e a indisposição prejudicam o rendimento, a memória e o raciocínio. Nem mesmo quem faz exercícios regularmente fica imune às implicações. Nestes casos, a privação de sono acelera a fadiga e gera predisposição a lesões. Também aumenta o risco de overtraining – quando se faz mais exercícios do que o seu corpo é capaz. Tudo porque, enquanto você dorme, seu corpo produz os hormônios importantes para a recuperação muscular e a manutenção do metabolismo. Assim, além de todo o treinamento físico, uma boa noite de sono é essencial para garantir um melhor desempenho de seu corpo.

 

ENQUANTO VOCÊ DORME…

Esta informação é importante para todas as pessoas que realizam exercícios físicos. Especialmente àquelas que estão em busca de seus objetivos e querem manter o desempenho. Pois combinar os treinos com uma alimentação saudável e uma boa frequência de noites bem dormidas é essencial para qualquer resultado.

Embora poucas pessoas saibam, a produção dos hormônios anabólicos como testosterona e GH ocorre principalmente durante o sono. Essas substâncias são encarregadas de reparar os danos causados pelo exercício nas fibras musculares e em outras células do organismo. Dessa forma, promovem a recuperação adequada do pós-treino e auxiliam com o ganho de performance. Quem dorme bem também potencializa a função imunológica do corpo, essencial ao combate daquelas inflamações que podem gerar as dores do pós-treino, por exemplo.

Pesquisas recentes avaliaram os efeitos do sono no organismo humano e apontam que quem dorme bem possui maior nível de tiroxina. Esse hormônio da tireoide é responsável por acelerar o metabolismo e auxiliar na redução do índice de massa corporal.

 

PARA DORMIR BEM E APRIMORAR O DESEMPENHO

A qualidade do sono pode ser potencializada com o consumo de vitaminas do complexo B, ácido fólico, zinco e magnésio. Alimentos como leite e seus derivados – queijo, iogurte, whey protein – também contribuem para uma boa noite de descanso. Assim como a banana, castanhas, abacate, frango, aveia e ovo. Entre seus nutrientes, eles contam com o aminoácido triptofano, a partir do qual é produzida a melatonina, conhecida por regular o relógio biológico do corpo.

 

Foto: iStock/SolisImages

 

Relacionados