Contra os sintomas da gripe: boa alimentação

21 de junho, 2018
zander-filet-2834177_960_720.jpg

Com a mudança de estação e as variações de temperatura, o cenário fica ainda mais propício para a gripe e os resfriados. E para quem quer passar longe desses problemas, manter uma boa alimentação pode servir como um guarda-chuva para atacar este “mau tempo”. Isso porque, determinados alimentos possuem nutrientes capazes de aumentar a imunidade e estimular as defesas orgânicas do corpo. São exemplos: ostras, cereais integrais, castanha-do-pará, soja e semente de linhaça, além das carnes, em especial os peixes. Salmão, bacalhau, atum e sardinha, por exemplo, são ricos em ácidos graxos e ômega 3. Esses nutrientes, unidos aos minerais essenciais, promovem a produção de glóbulos brancos, que são determinantes para eliminar o vírus da gripe. Seu consumo também ajuda a diminuir processos inflamatórios das vias respiratórias, facilitando o controle da congestão e da dor.

A romã é outro item que ajuda a diminuir o risco da gripe e do resfriado. Famosa por seu alto teor de compostos antioxidantes, contém altas doses de vitamina C e ácido fólico. Esses nutrientes estimulam a produção de anticorpos responsáveis por frear a ação dos vírus. Assim como ela, outras frutas cítricas também auxiliam neste combate. Além da vitamina C, minerais como cálcio e potássio mantêm as defesas ativas. Por sua vez, as leguminosas protegem contra os vírus e ainda aumentam a resposta do organismo contra os agentes infecciosos. Dessa forma, feijão, lentilha, ervilha e grão-de-bico, por exemplo, também aceleram o processo de recuperação da gripe e do resfriado. Além destes, o alho é outro superalimento utilizado contra ataques virais da gripe em função de suas propriedades antibióticas e anti-inflamatórias. Complementam a alimentação preventiva o iogurte natural, rico em probióticos, e o espinafre, cujos nutrientes fortalecem o sistema imunológico.

ALIMENTOS TAMBÉM AJUDAM A CURAR A GRIPE

Por outro lado, se a gripe ou o resfriado já estiverem “instaurados”, determinados alimentos podem acelerar a recuperação do organismo. A tradicional canja de galinha realmente colabora para a recuperação. Além do calor do alimento, o aminoácido chamado cisteína, encontrado na carne de frango, ajuda a desobstruir os pulmões. Por sua vez, a mostarda e a pimenta também ajudam a descongestionar as vias aéreas e contribuem com o tratamento da asma. Enquanto isso, o mel ajuda a reduzir a tosse em função de “revestir” a garganta irritada.

Foto: RitaE/Pixabay

 

Quer saber mais? Entre em contato com a i9.

Relacionados